Hortência (Hydrangea Macrophylla)

Maio 16, 2015
adminacf

hortencia rosa   hortencia azul

Nome popular: Hortênsia; Hidrângea; rosa-do-japão; Ajisai.
Nome científico: Hydrangea macrophylla.
Família: Angiospermae – Família Hydrangeaceae Saxifragaceae.
Origem: China e Japão.

A hortênsia é um arbusto de porte ereto, bastante ramificado e muito florífero produzindo grande quantidade de flores estéreis nas colorações azuis, rosas e brancas. Esta planta pode crescer de 1,5 a 3 metros de altura, é de porte ereto, bastante ramificado e adquire formato mais regular quando é podada periodicamente.

Uso no Paisagismo: A hortênsia tem diversas utilizações na composição de um jardim. Pode ser plantada tanto em vasos como diretamente no solo, isolada ou em grupos – é comum ver o uso de hortênsias em grupos numerosos -, fomando uma cerca-viva. Fica bem em borbaduras e maciços. Também podem ser cultivadas como planta de interior desde que haja uma boa ventilação e não faça calor excessivo no local onde a planta ficará.

Devido a seu formato, muitas flores e caule grosso central são muito utilizada para decoração, compondo arranjos bem variados, acompanhadas de outras flores e folhagens.

Como cuidar: A Hortênsia se desenvolve melhor quando cultivada à pleno sol ou à meia-sombra, desde que com bastante luz, em solo rico em matéria orgânica e bem drenado. Fica muito bonita quando plantada em vasos e em grupos, formando maciços ou renques. Molhe bem o solo sempre que ele estiver levemente seco, procurando manter o solo sempre úmido.

Como reproduzir: Multiplica-se facilmente por meio de estacas feitas com ramos retirados durante o verão.

O Segredo das cores: Ao contrário do que muita gente imagina, não existem hortênsias de várias cores, mas sim, plantas que adquirem cores variadas de acordo com o PH (potencial de acidez, neutralidade e alcalinidade de uma substância ou solução) do solo onde estão plantadas. Uma mesma planta pode dar flores azuis, rosas ou brancas, se a terra que a cerca tiver o PH alterado.

Flores azuis: Para que sua hortênsia produza flores azuis o solo deve ser ácido. Em um solo rico em alumínio elas nascerão lindamente azuis, chegando ao violeta. Caso o solo não seja ácido faça uma mistura de 20 g de sulfato de alumínio, sulfato de ferro ou pedra ume, diluída em 5 litros de água e regue a planta com esta mistura duas vezes por semana, começando cerca de 40 a 50 dias antes do início da floração. Quanto mais alumínio contiver o solo onde está plantada a hortênsia mais escura será sua cor podendo nascer buquês de flores violetas.

Flores rosas: Para que sua hortênsia produza flores rosas o solo deve ser alcalino. Se você já tem uma planta que produz flores azuis e deseja que ela passe a produzir flores rosas, antes de mais nada, pode-a eliminando a maioria das folhas (isto é necessário para eliminar o máximo possível do alumínio que a planta contém). Replante-a em um local com a terra preparada com uma mistura de 200 a 400 g de calcário dolomítico por m2. O calcário dolomítico é um corretivo para o solo que pode ser encontrado em viveiros ou lojas de plantas e produtos para jardinagem. Assim têm-se flores rosas de tonalidades variadas, podendo inclusive dar origem a flores brancas. Quanto mais alcalino o solo ficar mais clara será a cor das flores, culminando em hortênsias de buquês brancos.

Adicionando carbonato de sódio (não confunda com bicarbonato de sódio) à terra pode-se conseguir flores multicoloridas.

No comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

View Name: Todos os dados do website Tracking ID: UA-62975171-1 Default URL: http://www.artecomflores.com Time Zone: America/Sao_Paulo